27 de jun de 2017

E-commerce de Farmácias - você conhece?!

Bom dia galerinha, tudo bem?! 

Recentemente estive pesquisando sobre o mercado de farmácias e tive uma ótima surpresa, o ramo farmacêutico é um setor que esta passando bem longe da crise atual do país, vou compartilhar segue alguns dados que levantei:
  • O Brasil ocupa atualmente a sexta posição entre os maiores mercados consumidores de medicamentos no cenário mundial;
  • Mesmo com a economia abalada, a expectativa é de que, até 2018, o País alcance a quarta posição, atrás apenas de Estados Unidos, China e Japão;
  • Em 2016 as vendas de medicamentos nas farmácias tiveram crescimento nominal de 12,4% no acumulado do ano.
  • Estimativas apontam que este mercado deve atingir R$ 87 bilhões em 2017;
  • Atualmente, o Brasil possui em torno de 70,4 mil farmácias, das quais 14% são ocupadas pelas grandes redes - conglomerados de lojas com expansão agressiva e alto poder de investimento;
Ai você me pergunta, o que isto tem a ver com o E-commerce?! 

E eu respondo, tudo a ver, no meu último post Entenda seu nicho de Mercado comento que devemos estudar novos mercados de nichos antes de entrar. O E-commerce farmacêutico vem aumentando se expandindo nos últimos anos, mas ainda há espaço, basta estudar e entender os diferenciais, focar nos detalhes.

Comprar pela internet traz comodidade para o consumidor que pode pesquisar cada medicamento, facilidade para verificar indicações e contraindicações, rapidez e clareza para ler a bula, facilidade em comparar remédios similares e consultar frete e tempo de entrega.

Nas minhas pesquisas, pude perceber que as farmácias online vendem muito produtos de cosméticos, saúde e beleza, mas a maioria esmagadora não vendem online Antibióticos. 

Então fui atrás para entender o motivo, pois bem, existe uma regulamentação da Anvisa RDC nº 44  de 2009, onde estabelece que a venda de antibióticos somente é permitida com prescrição médica e retenção da receita.
Este ponto dificulta muito a vida dos sites, mas encontrei duas farmácias na região de São Paulo que vendem antibióticos pela internet: a Onofre e a Netfarma.




Ambos são Jet E-commerce - o cliente envia a imagem da receita no ato da compra e quando o entregador entrega o produto ele retira a receita original.
A Netfarma já traz a opção de enviar a receita no detalhe do produto, já na Onofre a opção aparece somente no check out.

Continuando nas minhas pesquisas fui atrás dos Dez termos relacionados a saúde mais buscados no Google Trends em 2016 foram: bol, exame, tratamento, farmácia, cirurgia, cid, óculos, dieta, dengue, anticoncepcional.

Sendo assim, um grande mercado para ser aprofundado pelos e-commerces para quem sabe aprimorar as farmácias online e a venda dos Antibióticos.

Fica a ideia para quem sabe gerar frutos nas cabeças de vocês. #vamosjuntos.

Você pode se interessar também por:

RAIA DROGASIL É A MAIOR FARMÁCIA DO PAÍS EM TODOS OS REQUISITOS


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião.

Conto sempre com a sua visita e participação.

Lucilene de Sá