20 de fev de 2017

Planejamento Promocional para 2017. Você está pronto?

  Bom dia, e ai como esta seu planejamento promocional para este ano? Já inciou? Não! Então corre que ainda dá tempo!



 Tenho certeza que você já olhou o calendário deste ano e já percebeu que teremos vários feriados e pontes, certo?! O que isto significa? Que você vai ter a possibilidade de descansar mais este ano, certo? Errado! 
 Significa que você terá que suar a camisa e a "cuca" para planejar ações relevantes para seus clientes para você bater a suas metas mensais e anual. Se você vem acompanhando nossos posts, você já viu que a previsão de crescimento do e-commerce brasileiro este ano é em média de 10%, então "simbora" planejar para não perder os cabelos no final do ano.

Feriados e Pontes:

Algumas datas comemorativas:

  • Aniversários das Cidades;
  • Carnaval - Frete Gratis para uma região;
  • Dia do Sogro;
  • Dia da Mulher;
  • Dia do Trabalhador;
  • Dia do Idoso;
  • Dia do Homem;
  • Dia do Amigo;
  • Dia dos Namorados;
  • Dia dos Pais; 
  • Dia das Mães;
  • Dia da Mentira;
  • Estações do Ano;
  • Black Friday;
  • Boxing Day;
  • Cyber Monday;
Caso queira baixar o calendário promocional completo click aqui.

#VamosJuntos vender este ano.

Talvez você tenha interesse em: Carnaval - Seu E-commerce está preparado pra ele?!

15 de fev de 2017

Carnaval - Seu E-commerce está preparado pra ele?!

Bom dia, como esta seu planejamento para o Carnaval?!

O Carnaval este ano será dia 28/02, mas normalmente dia 24 (sexta) as vendas já despencam, certo?! E o que você vai fazer para mudar isto este ano?


Segue algumas humildes dicas para não complicar suas metas neste mês:

Faça Planejamento - pense em todas as datas sazonais do ano com antecedência;

Analise - pesquise nos anos anteriores quais os produtos comprados na sua loja, quais as buscas realizadas no site e aposte neles.

Faça promoções - venda produtos com preços promocionais, invista em formas de pagamentos diferenciadas (desconto no boleto por exemplo).
Fazer promoção nem sempre significa diminuir a margem, verifique seus melhores produtos em margem e aposte descontos neles, estes podem funcionar como o famoso "boi de piranha" para o seu site. 
Aposte também em produtos que tem relação com a data.

Comunique - de nada adianta você fazer uma promoção arrasadora no seu site se você não comunicar. 
"Vista" sua loja com o clima do Carnaval, coloque banners no site, as redes sociais, os e-mails marketing, enfim toda a comunicação.
Lembre que no Carnaval muitas pessoas viajam, sendo assim não estão na frente de um computador o tempo todo. Divulgue sua promoção com antecedência. Envie e-mail, coloque banner no site, divulgue nas redes sociais.
Pense de como sua promoção é vista dentro dos dispositivos mobile, afinal no feriadão as pessoas ficam com o telefone na mão e não o desktop. Verifique se a usabilidade esta agradável, se sua comunicação é legível na tela do celular.

Faça Check list - Planeje com sua equipe um check list de: comunicação, preço, estoque de todos os produtos antes de iniciar a campanha e principalmente na sexta antes de todos saírem para o tão esperado descanso. 
Parece bobagem este ponto certo?!, mas infelizmente não, já vi equipes não se organizarem e nem se atentarem para este ponto, ai no meio do feriadão, o produto que estava no banner ou no e-mail marketing esgotou. Você planejou uma campanha tãaoooo boa que foi um sucesso de vendas, várias pessoas entrando no seu site, algumas pela primeira vez e o que elas encontram lá?! um erro grotesco desses. Deixe também alguém de "plantão" para os casos de incêndios.

Feito estes passos, agora é só aproveitar o feriadão, descansar bastante porque o ano só esta começando. #VamosJuntos

Talvez você tenha interesse em:

13 de fev de 2017

Tendências para 2017



Com o cenário econômico que o Brasil esta passando as expectativas de vendas no E-commerce em 2017 ainda não são as mais animadoras, devemos seguir o crescimento de 2016 girando em torno de 10% segundo a previsão do CEO da Ebit, Pedro Guasti, com base na Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico FecomercioSP/Ebit. 
Como vimos no meu ultimo post "Faturamento do E-commerce em 2016" classe C perdeu poder de compra, os clientes estão comparando mais os preços, estão conhecendo mais opções de compras.
Mas existe uma luz no fim do túnel, os e-commerce que possuem qualidade no atendimento, qualidade nos produtos e preços competitivos sobreviverão este ano.


Algumas estratégias auxiliam o lojista passar com tranquilidade por este ano:
  • Elaborar campanhas que encantem os clientes;
  • Investir no relacionamento dos clientes fieis;
  • Entregar ao consumidor comunicações com mais informações em vez de só falar em produto, oferta;
  • Trabalhar a conversão do cliente que já entrou no site;
  • Melhorar a usabilidade do site para facilitar a navegação;
  • Navegação amigável do site no mobile - as vendas através do mobile vem crescendo ano apos ano;
  • Trazer mais informações dos produtos para que o cliente sinta-se seguro na compra;
  • Oferecer novas formas de pagamentos;
  • Oferecer cupons de descontos;
  • Descontos no frete, não necessariamente Frete Grátis;
  • Investir em novos meios de comunicação, exemplo parceiros e marketplace.

Fazendo estas estratégias vamos conseguir ter resultados satisfatórios para este ano. #VamosJuntos

Talvez você tenha interesse em ler Faturamento do E-commerce em 2016

Fonte:FecomercioSP e E-Bit

10 de fev de 2017

Faturamento do E-commerce em 2016


Mesmo com a Crise no país, o e-commerce como sempre andou pela contramão da economia, segundo o WebShoppers da E-bit,  e-commerce cresceu 5,2% em comparação com o primeiro semestre de 2015.

Esse crescimento se deu graças a uma mudança de comportamento dos consumidores que aprenderam a realizar comparações de preços e usar a internet como aliada na economia de dinheiro e tempo.


Aumento de consumidores que fizeram pelo menos uma compra no período subiu 31% comparado com 2015 sendo 17,6 milhões em 2015 versus 23,1 milhões de pessoas no primeiro semestre de 2016. Um outro fator para este crescimento foi o aumento de lojas virtuais no ultimo ano.

Os principais fatores do crescimento do faturamento do E-commerce segundo o E-bit foram o aumento de 7% no ticket médio (puxado pela alta dos preços dos produtos), a maior participação das classes AB e a manutenção das vendas de categorias de produtos de maior valor.




  • Apesar da queda de 4% no volume de pedidos, a categoria de Eletrodomésticos ainda é a líder de faturamento;
  • Em segundo lugar aparece Telefonia/Celulares com crescimento de 19% em relação a 2015.


Outro ponto importante de mencionar e o aumento das compras à vista. Em 2015 39,6% das compras eram feitas à vista, já em 2016 42% das compras foram pagas à vista.



Segundo o E-bit as lojas estão em um movimento de redução das ofertas de frete grátis em 2016, somente 42% das compras online foram realizadas com frete gratis.

Das compras online realizadas no primeiro semestre, 18,8% foram feitas pelo mobile e 81,2% por notebooks ou computadores.

Perfil dos Consumidores:

48,13%51,87%

Faixa Etária:
Até 24 anos: 8%
entre 25 e 34 anos: 22%
entre 35 e 49 anos: 37%
acima de 50 anos: 33%

Renda Familiar:
A media da renda familiar dos consumidores aumentou 11% em comparação a 2015.
Menos de R$3.000: 34,7%
Entre R$ 3.001 e R$ 5.000: 21,97%
Entre R$ 5.001 e R$ 8.000: 16,51%
Acima de R$ 8.001: 19,24%
Não informado: 7,58

Regiões
As regiões Sul e Centro Oeste ganharam maior participação nas vendas do e-commerce. 
Sudeste: 63,8%
Sul: 14,5%
Nordeste: 12,5%
Centro - Oeste: 6,6%
Norte: 2,6%

WebShoppers é um relatório que traz em números  a evolução do e-commerce brasileiro e as mudanças de comportamento e preferências dos consumidores.

Fonte: https://www.ebit.com.br/webshoppers