1 de mai de 2017

Reclame Aqui

Bom dia Galerinha do Online, tudo bem?!

No dia 24 de Abril eu fiz um post sobre Reclamações , então hoje venho falar um pouco mais do site mais famoso de reclamações, o Reclame Aqui.


O Reclame Aqui foi criado em 2001 pelo Mauricio Vargas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Hoje a empresa esta sediada em São Paulo capital.


Segundo o próprio site: "Diariamente, mais de 600 mil pessoas pesquisam as reputações das empresas antes de realizar uma compra, contratar um serviço ou resolver um problema".


Alguns números importantes sobre o site:
  • 42 milhões de pageviews/mês;
  • 3''11' tempo de visita no site;
  • 56% público Masculino;
  • 44% público Feminino;
  • 120.000 empresas cadastradas 

Com mais de 15.000.000 consumidores cadastrados o site deve receber uma atenção importante da sua empresa, principalmente se você é o responsável pelo e-commerce, pois nele o consumidor pode avaliar uma reclamação! 

Essa avaliação entra numa equação com o índice de resposta, solução e se o consumidor voltaria a fazer negócio com a empresa, resultando na reputação os rostinhos que você vê no nosso site!

Quais são as classificações das empresas?


Selo RA 1000









Ótimo






Bom






Regular





Ruim





Não recomendado






Sem índice





Empresa em análise




Entenda como funcionam os critérios para avaliação das empresas:



É importante lembrar que o cadastro das empresas no site parte na maioria das vezes pelo próprio consumidor. 

Quando ele se sente prejudicado ele pode solicitar o cadastro de uma empresa para publicar uma reclamação, exercendo assim direitos que são garantidos pela legislação nacional. 

Então companheiro, não adianta tentar fugir, pois caso algum cliente seu tenha uma reclamação ele poderá fazer mesmo sem seu cadastro.

Com todos estes números assustadores preciso manter este site no meu radar diário e ter ações especificas para este canal. #VamosJuntos!

Fonte: Reclame Aqui


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião.

Conto sempre com a sua visita e participação.

Lucilene de Sá