7 de nov de 2011

Netshoes no México


No final desde mês a Netshoes, maior loja virtual de esportes e lazer da América Latina, anunciou o início de suas operações no México.  Os artigos esportivos e de lazer já estão disponíveis pelo site www.netshoes.com.mx.
A empresa pretende investir US$ 22 milhões no México, ao longo de 2012. O processo de internacionalização havia se iniciado também este mês, na Argentina, e recebeu um investimento inicial de US$ 17 milhões.
A Netshoes sabe que o mercado de e-commerce mexicano impõe desafios, pois está em desenvolvimento e é exigente. Nossa proposta está baseada na prestação de um serviço qualificado para o consumidor, inclusive na entrega dos produtos, e estamos seguros que isso será inédito, explica Rafael Flores, diretor geral da Netshoes México.

A loja virtual mexicana oferece mais de dois mil produtos de marcas como Nike, Adidas, Reebok e Puma. Os lançamentos dos produtos acontecerão em tempo real. ?Respeitaremos a cultura mexicana e atenderemos categorias como futebol americano, beisebol, artes marciais, automobilismo e futebol. No primeiro trimestre do ano que vem diversificaremos ainda mais as categorias atendidas e também as marcas?, adianta Flores.

A operação da Netshoes México conta com 75 profissionais, sendo 45 pertencentes ao país e os demais ao Brasil. A estrutura da empresa é independente da Netshoes Brasil, que entra com apoio estratégico e sua expertise de e-commerce. A equipe mexicana tem como atribuições a central de relacionamento por telefone, e-mail, chat e mídias sociais. Há ainda profissionais responsáveis pela logística, comercial e demais setores.

A nova empresa realiza a entrega de seus produtos em até 48 horas nas áreas urbanas. Nas demais regiões, os consumidores serão informados do prazo. A empresa também orientará o consumidor sobre, por exemplo, o tênis mais adequado para a atividade esportiva, independentemente do valor, complementa Flores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua opinião.

Conto sempre com a sua visita e participação.

Lucilene de Sá